Monitoramento de recalque

Monitoramento de recalque é uma medida adotada muito importante na realização de obras, mas você sabe o que é isso?

De acordo com a NBR 6122, recalque é o movimento vertical descendente de um elemento estrutural (ABNT, 2010). Manter um controle da interação solo-estrutura em edifícios e acompanhar o desempenho da fundação é de fundamental importância para obras de grande porte. A interação solo-estrutura pode tornar projetos considerados inviáveis em viáveis, possibilitando uma análise mais real do comportamento de uma construção e possibilitando diagnosticar a viabilidade da mesma.


Quais equipamentos são utilizados para fazer o monitoramento de recalque?

· Régua ou mira: feito de madeira, alumínio ou PVC, graduada em m, dm, cm e mm; é utilizada na determinação de distâncias horizontais e verticais entre pontos;

· Nível ótico: também chamado de nível topográfico, o nível óptico é um instrumento utilizado para fazer o nivelamento topográfico de um terreno, ou seja, medir os desníveis entre pontos em diferentes alturas;

· Referência de nível ou Bench Mark: referência de nível é a cota usada como referência para evitar erro de nível; o Bench mark apesar de ter a mesma função da referência de nível, apresenta maior precisão nos valores, tornando as medidas com mais corretos.

Como é realizado o projeto final?

Para se fazer um monitoramento de recalque, é necessário ter muita precisão, pois qualquer anotação equivocada poderá provocar grandes diferenças nos cálculos ou até na conclusão final. E para isso é necessário não esquecer de nenhuma etapa. Ao se usar o Benchmark, considerado um referencial fixo, portanto não havendo deslocamento, teremos sempre um ponto de um mesmo valor. Assim, para medir o recalque é necessário comparar a diferença de medida entre o Benchmark e o ponto escolhido em diferentes momentos, podendo ser uma diferença de meses entre as medições, no caso do recalque mostrar pouca variação, ou até uma diferença de dias, no caso de uma obra que demonstra estar sofrendo recalque excessivo ou principalmente diferencial que é ainda mais perigoso.

O seu monitoramento de recalque está em dia? Fale com a Inttegra Empresa Júnior para solucionarmos o seu problema!